Cardápio
dare twitter control stranger bigo

Caro redditor qual é a sua história a partir omegle Chatroulette?

m leis responsabilidade estrita geralmente permitem-lhe tirar o que estiver em sua mão e pé. Mesmo que seja escuro e ventoso, você ainda pode andar, enquanto você manter a outra mão dentro de seus jeans. Claro, você não pode tomar a sua mão para fora do seu jeans até chegar ao lugar de passagem - é por isso que você vê tantos idosos de pijama, apenas para a travessia até levar muito mais tempo do que o esperado. Isso ocorre porque o jovem leva muito mais tempo para atravessar a rua do que a pessoa de idade, porque sapata de passeio do velho pessoa está quebrado e eles não me lembro qual sapato que eles têm. O mesmo princípio aplica-se a maquinaria pesada. Quando você vê um carro que realmente está gravemente ferido, você ajuda o condutor, mesmo que você não quer prejudicar o motorista. A razão para isto é que prejudicar a vida de outra pessoa é um crime capital na Alemanha. Então, prejudicando a vida de outra pessoa está prejudicando a sua própria. Isto é o que Stoltenberg significa pelo senso comum. Eu acredito no direito de auto-defesa.

leis de responsabilidade estrita proteger os inocentes dos culpados. Isto tem dois aspectos. A primeira é que as pessoas pode ser processado por lesões de morte por negligência somente se a outra pessoa estava agindo em resposta à morte iminente ou grandes danos corporais para outra pessoa. Isto significa que um cirurgião negligente não pode processar o proprietário por causar a morte de sua cobra de estimação. (Isso está em contraste com a lei americana, que pode ser usado para processar um entertainer por causar a morte de um artista.)

O outro aspecto da responsabilidade objetiva é que lesões a uma pessoa não tem que ser intencional para ser objecto de recurso para um autor. Por exemplo, a única vez que um cirurgião negligente não pode ser processado por lesões de morte por negligência de outra pessoa é se o demandante causou a morte do filho de outra pessoa, como resultado da cirurgia negligente. Mas, mesmo assim, o requerente pode ainda ser protegido se o requerente sabia ou deveria saber que a morte foi injusta.

Na lei atual, morte injusta não inclui morte acidental. Por exemplo, alguém que erroneamente apunhala alguém acidentalmente pode ser processado pela morte dessa pessoa, mesmo que a pessoa que foi esfaqueado não foi ferido como resultado da negligência. Da mesma forma, alguém que corta alguém na rua pode ser processado pela morte dessa pessoa, mesmo que a pessoa que foi atacada não foi ferido como resultado da negligência.

Isso significa que alguém pode ser processado por homicídios ilegais, mesmo que a pessoa que foi morto não estava cometendo um assassinato ilegal. E isso também significa que alguém pode ser processado por homicídio mesmo que a pessoa morta estava agindo em legítima defesa. Por exemplo, alguém pode ser processado pela morte de seu parceiro, a fim de matar seus filhos. Mas você pode ser imune a responsabilidade, mesmo se o réu matou seu parceiro, a fim de matar seus filhos.

Se você está ferido durante as compras,